Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Castigo Máximo

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

Castigo Máximo

03
Mar20

Uma nau à deriva


Pedro Azevedo

Perdida no mar, sem instrumentos nem costa a bombordo que lhe permita sequer uma navegação à vista. Às tantas, tolhido pelo Sol, o capitão-mor da embarcação julga ver uma Ilha dos Amores, ou Amorins. Será certamente mais uma alucinação, semelhante a outras que já custaram as velas do navio. Sem forma de fugir à aguardada tempestade, em breve se perderão também os mastros. O naufrágio está iminente. Em terra, desprezando o que os ventos lhe dizem, o Almirante Alves filosofa sobre a nau catrineta de Almeida Garrett e sonha vê-la a seco, a varar. O povo? Cansado de ser comparado aos Velhos do Restelo, ao povo já falta a energia e a coragem para dar por finalizada a desventura. Mas ainda há quem resista e diga não. É preciso terminar com esta expedição!

 

P.S.1. Ler Eça explica muito bem o momento que se vive no Sporting. Em conversas particulares, existe quase unanimidade na avaliação que é feita ao trabalho desta Direcção. Contudo, ela continua a mover-se tal como a Terra de Galileu. O Sporting não pode ser mais uma Farsa de Aristófanes, é necessário que, com urbanidade e sempre tendo presente os valores do clube, nos manifestemos contra este caminho. Eu serei sempre solidário com o meu clube e os seus sócios. Todavia, não me peçam para, por omissão, ser cúmplice do caminho da desesperança. Por isso, aqui e agora, digo BASTA!

 

P.S.2. Hoje, amanhã, daqui a 2 anos, estarei sempre disponível para ajudar o meu clube a regressar a bom porto. Mas é preciso que todos se consciencializem que há caminhos tempestuosos que uma vez percorridos tornam o regresso à bonança muito mais complicado.

nau.png

92 comentários

Comentar post

Pág. 1/3

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Castigo Máximo

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

Siga-nos no Facebook

Castigo Máximo

Comentários recentes

  • Pedro Azevedo

    Meu caro, uma letra à altura da genialidade das su...

  • Pedro Azevedo

    Nem mais, caro José. Tocado por Deus, um génio. Fo...

  • Pedro Azevedo

    Não se preocupe, Luís, que a roda de bicicleta já ...

  • Chakraindigo

    Obituário escrito pelo seu próprio punho"Ennio Mor...

  • Pedro Azevedo

    Luís, tudo o que diz é verdade, mas eu estou cansa...