Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Castigo Máximo

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

Castigo Máximo

02
Jan20

Dia da Suécia em Itália


Pedro Azevedo

Ibrahimovic aos 39 anos regressa ao Milan, o jovem Kulusevski (19 anos) ingressa na Juventus. Duas gerações de jogadores suecos de muita categoria, curiosamente ambos com ascendência na antiga Jugoslávia - a família de Zlatan proveniente da Bósnia, a de Dejan oriunda da Macedónia - , a marcarem o dia do campeonato europeu onde menos se olha ao bilhete de identidade. Dos 19 aos 39, todos têm lugar. Basta para isso mostrarem qualidade. E se a carreira de Zlatan Ibrahimovic dispensa apresentação, o brilharete que Dejan Kulusevski tem vindo a fazer pelo Parma merece o devido destaque que podem observar em anexo. Divirtam-se! 

suecos.jpg

 

(Fonte: YouTube)

28
Dez18

Ensaio - Assimetrias relativas do futebol português


Pedro Azevedo

Olhando para os principais campeonatos europeus, existem pistas que explicam a razão pela qual o ranking uefeiro dos clubes portugueses não permite uma melhor classificação que o actual sétimo lugar. Neste ensaio, pretendo demonstrar que o número de golos marcados nas principais ligas europeias é um indicador relevante.

 

O primeiro quadro que apresento (Quadro 1) mostra um grande nivelamento entre o nº de golos marcados nas diferentes ligas, na temporada 2017/18:

 

Quadro1

Competição Jogos Golos Média golos/jogo
Ligue 1 380 1033 2,718
Primeira Liga 306 826 2,699
Premier League 380 1019 2,682
Serie A 380 1017 2,676
Bundesliga 306 815 2,663
La Liga 380 991 2,608

 

No entanto, se considerarmos apenas os golos marcados pelos 4 primeiros classificados da última temporada (Quadro 2), começa a ficar evidenciada a macrocefalia do nosso futebol, notando-se que os clubes portugueses mais poderosos marcam mais relativamente a outros campeonatos europeus:

 

Quadro 2

Competição Golos %total
Primeira Liga 299 36,2
Ligue 1 306 34,85
Bundesliga 380 33,74
Premier League 380 32,58
La Liga 306 31,89
Serie A 380 28,52

 

O Ranking da UEFA não depende só dos melhores classificados de cada campeonato. Os países com melhor ranking têm direito a fazer-se representar por 7 clubes e Portugal tem actualmente direito a apresentar-se com 5 clubes. Assim, procurei o contributo dos clubes classificados entre o quinto e o oitavo lugar nos respectivos campeonatos nacionais (Quadro 3), na temporada 2017/18:

 

 Quadro 3

Competição Golos %total
Serie A 256 25,17
Bundesliga 196 24,05
Premier League 217 21,30
La Liga 208 20,99
Ligue 1 203 19,65
Primeira Liga 158 19,13

 

Não só o campeonato italiano é aquele em que o contributo dos clubes classificados entre o 5º e o 8º lugares é mais expressivo como também é aquele em que existe menor diferença no item "golos marcados" face aos 4 primeiros classificados de cada campeonato. Os clubes portugueses nesta classificação apresentam o nº de golos marcados mais baixo dos campeonatos mencionados, um indicador de falta de nivelamento competitivo e das assimetrias que marcam o futebol nacional. Deste modo, não é de admirar o fraquíssimo comportamento relativo de clubes como Marítimo, Rio Ave, Paços de Ferreira, Nacional, etc, quando comparados com os seus congéneres dos 5 campeonatos mais competitivos da Europa.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

Castigo Máximo

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

Siga-nos no Facebook

Castigo Máximo

Comentários recentes

  • Pedro Azevedo

    Pois eu estreei-me ao vivo com um 5-1 ao Porto de ...

  • jpt

    Bela memória (os 7-0 ao Olhanense foram o primeiro...

  • Pedro Azevedo

    Todos eles infelizmente já falecidos, caro João Gi...

  • João Gil

    Eterno, inesquecível. De memória só, pelos golos m...

  • Anónimo

    Eterno, inesquecível. De memória só, pelos golos m...