Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Castigo Máximo

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

Castigo Máximo

22
Abr20

Repor a verdade


Pedro Azevedo

703EF0AF-72AC-4997-95EF-44A9B9BED5EF.jpeg

FB117E00-5E0D-41D6-91EF-D563F810EECF.jpeg

O jornalista Nuno Raposo, de A Bola, assina uma peça no diário desportivo da Queimada em que dá conta que Frederico Varandas baixou o orçamento da SAD de 90 milhões de euros para 70 milhões de euros em 2 anos. Não teria custado muito ao referido jornalista fazer o trabalho de casa e verificar nos Relatórios e Contas da SAD do Sporting a acuidade da informação que certamente lhe transmitiram, concretizando ainda a que tipo de orçamento se referia (se dos Custos com Pessoal, ou de Gastos Gerais). 

 

Na verdade, eu bem teria gostado que esse corte se tivesse concretizado, necessidade para a qual frequentemente tenho aludido neste espaço. Acontece que tal não aconteceu. Concretizando, a realidade no final da época 17/18 era esta: Custos com Pessoal=73,8M€, Gastos Gerais=110,4M€. Em 2018/19 esta era a realidade: Custos com Pessoal=68,9M€, Gastos Gerais=104,9M€. Já agora, eis a realidade no final do 1º semestre de 2019/20: Custos com Pessoal=35,09M€, Gastos Gerais=59,6M€ (+5,7M€ que em período homólogo de 18/19).

 

Acrescento ainda que os Custos Financeiros subiram bastante desde o final da temporada 2017/18, o que diluiu em termos de impacto nos Resultados a pequena descida verificada nos Gastos Gerais (toda esta informação está disponível no site da CMVM). 

Nota: Custos com Pessoal são uma rubrica dos Gastos Gerais. Tal como os Fornecimentos e Serviços Externos (FSEs), que se encontram num máximo histórico. 


P.S. Tenho muito apreço pelo jornalista André Pipa e não posso esquecer os tempos gloriosos em que na praia bolinava o jornal (antigo formato) para tentar ler as crónicas dos mestres Vitor Santos, Carlos Pinhão, Carlos Miranda ou Homero Serpa, entre outros. Gostaria por isso que o actual director do jornal, Vitor Serpa, se mostrasse atento a este menor rigor "informativo". 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Posts mais comentados

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Castigo Máximo

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

Siga-nos no Facebook

Castigo Máximo

Comentários recentes

  • Pedro Azevedo

    Meu caro, uma letra à altura da genialidade das su...

  • Pedro Azevedo

    Nem mais, caro José. Tocado por Deus, um génio. Fo...

  • Pedro Azevedo

    Não se preocupe, Luís, que a roda de bicicleta já ...

  • Chakraindigo

    Obituário escrito pelo seu próprio punho"Ennio Mor...

  • Pedro Azevedo

    Luís, tudo o que diz é verdade, mas eu estou cansa...