Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Castigo Máximo

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

Castigo Máximo

01
Set21

Excelente operação de mercado (*)


Pedro Azevedo

A confirmar-se a opção obrigatória de compra do passe de Nuno Mendes pelo "Qatar Saint-Germain" - questões relacionadas com o cumprimento do fair-play financeiro da UEFA terão ditado os termos em que foi anunciado o negócio - , o Sporting realizou uma excelente operação de mercado. Não que Nuno Mendes não fosse, muito provavelmente, o jogador com mais classe e potencial do plantel, mas porque simultaneamente seria, ainda que possa parecer paradoxal, o mais facilmente substituível em virtude de a sua posição no terreno não integrar a coluna vertebral da equipa. Além do mais, o Sporting acautelou antecipadamente a sua saída ao contratar Rúben Vinagre. Este não dará as mesmas garantias a nível de Champions - não defende tão bem, seja por fora ou, principalmente, por dentro - , mas servirá perfeitamente para um campeonato nacional onde o Sporting terá de assumir o ataque na maioria dos jogos, aspecto onde Vinagre até é provavelmente mais forte do que Nuno Mendes (temos ainda Matheus Reis, Esgaio e a possibilidade de integração de Nazinho ou Gonçalo Costa, além de que Nuno Santos e Gonçalo Inácio podem circunstancialmente no decorrer dos jogos ocupar a posição). Concomitantemente, os leões ganham também um inimaginável reforço. Falo-vos de Sarabia, um internacional espanhol com escola de Real Madrid que ultimamente actuava no clube da Cidade Luz e esteve presente no Euro 2020. Excelente no último passe e com uma razoável relação com o golo, o espanhol será o homem ideal para emparelhar com Pote no jogo entre-linhas afluente a Paulinho. (Teremos oportunidade de brevemente o analisar ao raio-x aqui em Castigo Máximo.)

 

Em termos financeiros, assumindo a cláusula obrigatória de compra, também se poderá considerar uma muito boa operação. Nesse sentido, aos 7 M€ de taxa de empréstimo deverão ser adicionados os 40 milhões da opção, que a verificar-se o pressuposto da sua obrigatoriedade poderão permitir a antecipação dessa receita através do factoring, libertando assim a tesouraria no curto-prazo. Adicionalmente, Sarabia chega a Alvalade a custo zero, por empréstimo de 1 ano, com os franceses a assumirem o seu ordenado (alguma discrepância no que ouvi não permite estimar com exactidão este valor, oscilando as fontes entre os 7,6 M€ e os 3,8 M€ brutos).

 

Em suma, um excelente negócio tanto pela venda como pela oportunidade de negócio que constituiu Sarabia, mercado esse que só não será tão bom caso não se verifique a obrigatoriedade de compra do passe de Nuno Mendes pelos gauleses. É que nessa situação a situação de tesouraria do clube continuaria muito constrangida no curto-prazo. 

 

(*) A verificar-se o supracitado pressuposto

NunoMendesPSG.jpg

PabloSarabiaSporting.jpg

05
Jul20

Feddal como o destino?


Pedro Azevedo

Contratações cirúrgicas... E ainda há quem pense que contratar apenas 2/3 jogadores de qualidade por época seja um desinvestimento. Bom, bom são 14 contratações num ano. O resultado? Fatal como o destino. 

 

P.S. Sejamos francos, o Sporting não tem qualquer possibilidade de lutar pelo título em 2020/21, depois de ter perdido Mathieu, Bruno Fernandes, Bas Dost ou Nani no último ano e meio. Mas existe hoje um grupo de futuros grandes jogadores da nossa Formação que precisa de tempo, enquadramento com jogadores de qualidade superior e de uma Direcção que não crie irrealistas expectativas nos adeptos e diga a verdade. Podemos ter um futuro brilhante a 2-3 anos se mantivermos os nossos jovens e soubermos ir ao mercado com critério, contratando 2-3 jogadores bons por ano (não há dinheiro para mais). Mas se a tentação de ir ao mercado como na última temporada se sobrepuser, trocando qualidade por banalidade, e a nossa folha de pagamentos continuar a contemplar um rol de jogadores redundantes, então o tempo de espera pela felicidade será maior. Muito maior. 

03
Ago19

A Comunicação à volta de Bruno


Pedro Azevedo

Os jornais publicam hoje notícias dando conta que na Sexta-Feira, numa reunião em que alegadamente esteve presente conjuntamente com o seu empresário e a Estrutura leonina, Bruno Fernandes terá pedido para "não lhe cortarem as pernas". Não sei quem plantou tal notícia, se o empresário a fim de forçar a saída do seu representado, se o clube como forma de justificar aos seus sócios e adeptos a saída do seu melhor jogador, o que me parece claro é que mais uma vez o Sporting é que fica a perder, essencialmente por duas razões: primeiro, os putativos compradores saberão jogar com a pressão alegadamente exercida por Bruno, não oferecendo o valor justo pelo atleta; segundo, a 24 horas de um jogo importante para a Supertaça, este tipo de notícia assume um carácter desagregador e retira foco. Eu não sei o que a Comunicação do Sporting planeia fazer acerca disto, o que me parece óbvio é que devia dizer algo, por um lado para que o clube não dê parte de fraco perante o mercado, por outro a fim de salvaguardar Bruno Fernandes, o capitão da equipa, perante os colegas do balneário, sócios e adeptos, ele que até hoje tem sido digno de grande estima e consideração pela sua postura profissional irrepreensível.  

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Castigo Máximo

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

Siga-nos no Facebook

Castigo Máximo

Comentários recentes