Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Castigo Máximo

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

Castigo Máximo

30
Mar22

Tudo ao molho e fé em Deus

Macedónia sem Norte


Pedro Azevedo

Ao princípio eles queriam ser só Macedónia, orgulhosamente assim evocando os tempos de glória de Alexandre, O Grande. Mas os gregos vetaram e sugeriram que fossem à procura do Norte. Como a história muitas vezes se recria, voltaram agora desejosos de emular de novo a Grécia antiga, desta vez a do não assim tão longínquo ano de 2004, que contra todas as previsões fez furor nesse Europeu. Para tal deixaram pelo caminho a nóvel campeã europeia, a Itália, de Garibaldi, herdeira de um Império Romano que, curiosamente, teve a Macedónia como sub-divisão administrativa, depois de já terem causado um escândalo ao imporem a terceira derrota em casa - a primeira foi sonhada por Torres e concretizada nos pés de Carlos Manuel em Estugarda - da história à tetra-campeã mundial Alemanha, em jogos a contar para a qualificação de campeonatos do mundo de futebol. E assim vieram até Portugal, desejosos de voltarem a surpreender. Só que do outro lado encontraram uns lusos hesitantes e que não assumiram o ataque relâmpago. Incrédulos, os macedónios (do norte) viram-se em zonas do terreno habitualmente por si inexploradas. E tomaram-lhe o gosto, vivenciando um inusitado conforto com bola. Afinal, foi só uma ilusão, e o surpreendente acabou surpreendido. Bastaram para tal dois contra-ataques fulminantes que permitiram um igual número de pontapés certeiros de Bruno Fernandes. Isso, bem como uma exibição imaculada de Pepe, o General, imperial em todas as suas acções. No fim, os portugueses celebraram Fernando, o Grande (O Único, a nível de selecções nacionais). E ainda há quem diga que Santos da casa não fazem milagres... (Se bem que milagre, milagre era estas gerações de grandes jogadores que confluíram aqui ficarem fora deste Mundial, o quinto de Cristiano Ronaldo.)

 

Tenor "Tudo ao molho...": Pepe. Menção honrosa para Bruno Fernandes pelos golos (melhorou a sua exibição no segundo tempo)

ronaldopepe2.jpg

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

Castigo Máximo

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

Siga-nos no Facebook

Castigo Máximo

Comentários recentes

  • Anónimo

    Caro Pedro,Talvez por mero acaso estou-me a lembra...

  • Pedro Azevedo

    Fantasma na ópera e eSCALAr para a Europa. Faz sen...

  • Pedro Azevedo

    Entretanto, o Famalicão deu-nos uma mãozinha…

  • João Gil

    O Sporting não vai chegar tarde à Europa. O Benfic...

  • JG

    Caro Pedro sem dúvida esses troféus são importante...