Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Castigo Máximo

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

Castigo Máximo

09
Dez21

As vantagens do copo meio-cheio


Pedro Azevedo

Paulinho, Palhinha, Feddal, Jovane, Vinagre e Coates serão baixas leoninas para a recepção ao Boavista. Para além de um impedimento disciplinar e de um caso detectado de Covid-19, algumas lesões estão na origem destas ausências que necessariamente impactam num plantel curto. Mas isso será ver o copo meio-vazio e Rúben Amorim já nos mostrou, com o seu proverbial optimismo, que percepciona nas ameaças também grandes oportunidades. Será por isso a oportunidade de Nuno Santos (ou Esgaio) jogar na ala esquerda, de Ugarte consolidar o seu estatuto natural de primeiro candidato à sucessão de Palhinha e de TT ganhar minutos e confiança. À espreita, Tabata e Bragança deverão ser opções para entrar mais tarde no jogo, sendo de prever que vários jovens venham a completar a convocatória e quiçá virem a ter mais alguns minutos para ganharem tarimba. Tal só é possível por o plantel (22 jogadores) ser curto e requerer constantemente o recurso às equipas de formação. Assim, em vez de um monte de "consagrados" pagos a peso de ouro e cheios de azia por estarem no banco (ou na bancada), Amorim ganha um conjunto de jovens que já se sentem privilegiados por poderem calçar com os craques, jovens esses para os quais o copo está sempre meio-cheio. Tal como o Rúben o vê. A isto chama-se sintonia. E soma ao espírito de grupo, evidentemente. 

24
Fev19

Boa decisão!


Pedro Azevedo

Há muito tempo que nos meus textos vinha perorando sobre a necessidade de reforço da Cultura Sporting. Inclusivamente, aquando de um Post específico sobre o tema, recomendando a utilização de gurus de atitudes comportamentais, de forma a que a produção de efeitos fosse mais rápida.

É por isso com particular satisfação que leio que o Sporting vai montar um Gabinete de Formação interna e Liderança. De entre os vários profissionais com provas dadas de competência nesta matéria específica, o sportinguista Tomaz Morais foi o eleito. Como tal, desejo-lhe toda a sorte do mundo e sucesso na implementação de uma nova mentalidade que nos ajude a recuperar uma identidade perdida no tempo. Os meus parabéns ao Conselho Directivo por esta (boa) decisão. 

Tomas-Morais.jpg

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Posts mais comentados

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

Castigo Máximo

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

Siga-nos no Facebook

Castigo Máximo

Comentários recentes

  • Pedro Azevedo

    E depois há um aspecto adicional a referir quando ...

  • Pedro Azevedo

    * nunca ter cedido a liderança e tal ter…

  • Pedro Azevedo

    A concentração competitiva é fundamental no futebo...

  • leonino

    esses nomes são uma especie de caricaturas , em pa...

  • Pedro Manso

    Pior que marcarem aquele penalty ( o tal Pinheiro ...