Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Castigo Máximo

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

Castigo Máximo

07
Fev20

Varandas ao Record


Pedro Azevedo

O mínimo que se pode dizer da entrevista de Frederico Varandas que hoje o Record deu à estampa é que o presidente perdeu uma boa oportunidade de dizer algo que mostrasse haver uma estratégia sólida por trás. Aliás, as tergiversações foram mais que muitas. Desde informar que precisou de 115 milhões de euros para sobreviver - ainda que isso lhe enfraquecesse definitivamente a equipa - , esquecendo-se que investiu 47 milhões de euros em jogadores que até ao momento não demonstraram a qualidade daqueles que foram vendidos. Também se congratula e diz que a forma como Bruno Fernandes saiu é a correcta ( com o que concordo), com a admiração de todos, mas acaba por concluir que a época correu mal porque o nosso capitão não foi vendido, ligando assim a sua permanência ao descalabro desportivo a que vamos assistindo. Pelo meio, Frederico Varandas diz que se gastaram 25 milhões de euros nos dois mercados (Inverno e Verão de 2019), quando na verdade, entre gastos com comissões e investimento, se consumiram cerca de 40 milhões de euros, algo facilmente comprovável pelos documentos enviados à CMVM e R&C. Alega que Dala, Geraldes e Ivanildo não jogaram nos clubes a que estiveram emprestados - isso provavelmente fala mais sobre o critério de emprestar jogadores a clubes turcos e gregos do que outra coisa - , mas acabou por trazer emprestados Jesé, Bolasie e Fernando, jogadores que poucos minutos tinham nos clubes detentores do seu passe. Preocupantemente, diz que Olsen é um bom jogador e não confirma nem desmente o interesse na sua contratação, o que é inquietante na medida em que Max recentemente adquiriu a titularidade e pode facilmente valorizar-se nos próximos anos, havendo ainda Renan - deu-nos duas taças - como segunda opção sólida e posições bem mais carenciadas de reforço do que a de guarda-redes. Sobre Keizer, assume que o treinador holandês sofreu na pele os erros de um mau planeamento. Logicamente, o entrevistador pergunta-lhe de seguida porque é que o despediu. Eis então que, em resposta, o presidente admite como provável que a decisão de despedimento tenha sido injusta. Extraordinário quando, mal ou bem, existe um treinador (Silas) em funções... De resto, perdemos os clássicos todos - "mesmo quando merecíamos ter ganho" - porque é futebol, foi relevante trazer a público uma conversa privada em que um treinador lhe referiu ser o Sporting um "clube de malucos" para os sócios saberem como nos veem de fora (nota do autor: ainda bem que ninguém diz que somos um clube de "serial killers"...) e espera fazer uma boa "digressão" pela Europa (referindo-se à presença na Liga Europa). Ilustrando que nunca conseguiríamos ir buscar um Plata de 25 anos, acaba por referir que o Sporting não tem capacidade para ir buscar um jogador feito (Bruno Fernandes e Dost custaram cerca de 10 milhões de euros cada um), esquecendo-se que gastou 47 milhões em contratações (inclui €7 milhões de Sporar) em 1 ano. Assume ainda que já contrariou várias vezes o seu princípio inicial de não entrar no balneário, inclui um miúdo de 21 anos (Matheus Nunes) que há muito deveria estar a jogar na equipa principal num leque de jogadores entre os 16 e os 18 anos e diz que não tinha jogadores da Formação como em 2013, olvidando que Leonardo Jardim deu a 1ª oportunidade a William, que estava no Cercle Brugge, e colocou Adrien no sítio certo (posição "8"), ele que curiosamente tinha estado em tempos emprestado a um clube (Maccabi Haifa) onde pouco jogara (o que pelos critérios com que Varandas avalia Dala, Geraldes e Ivanildo não auguraria nada de bom). O presidente informa ainda que vendeu Domingos Duarte porque se apercebeu que Bruno Fernandes não saíria, o que não faz sentido dado o negócio do jovem central ter ocorrido a 14 de Julho, ou seja, mais de 1 mês e meio antes do fecho de mercado. A entrevista termina com o presidente dizendo que o plano estratégico que definiu quando chegou ao Sporting implica o Sporting voltar a ser um candidato crónico à Champions. 

 

Acabada de ler a entrevista, aqui Vos passei os pontos que me chamaram mais a atenção. Agora, com a Vossa permissão, vou tomar dois Lexotan...

varandas.jpg

 

 

28
Dez19

Bruno Fernandes e a Formação


Pedro Azevedo

Da entrevista de Bruno Fernandes ao Record retiro duas notas que reforçam aquilo que neste espaço venho perorando:

  1. Bruno Fernandes diz que gosta muito de Matheus Nunes, não só pela qualidade técnica mas também pela intensidade do seu jogo, adiantando ainda que lhe parece ser o sub-23 que a nível físico está mais próximo dos patamares requeridos na equipa principal;
  2. Bruno Fernandes fala de um central esquerdino dos juniores de quem também gosta muito. Refere-se a Gonçalo Inácio, e dele diz algo lapidar: se vier a treinar com o plantel principal, pode vir a aprender muito com Mathieu, pois apesar das dimensões diferentes têm um estilo de jogo muito idêntico. 

 

Mostrando estar atento à nossa Formação - não será por acaso que é frequente vê-lo em Alcochete a acompanhar os jogos das nossas camadas jovens - , Bruno Fernandes evidencia assim um pensamento estruturado sobre o que é necessário fazer transversalmente ao nosso futebol. Ele mostra-nos que as qualidades de passe, recepção e progressão com bola (cabeça sempre levantada) de Matheus Nunes, aliadas à sua envergadura física, não passam despercebidas aos mais velhos e já justificam uma oportunidade dado que os seus níveis de intensidade estão próximos dos do plantel principal (pergunto: valia a pena ter ido ao mercado reforçar a posição "8"?), ao mesmo tempo que esboça uma ideia que devia complementarmente estar presente aquando da contratação de um veterano como Mathieu: o poder, com a sua experiência, ajudar ao desenvolvimento de jogadores jovens, como se fosse um artesão da última estação de produção de uma fábrica. Algo que não foi aproveitado na moldagem de Demiral ou Domingos Duarte, mas que urge ser feito com Gonçalo Inácio (jogador que iniciou a época com óptimo rendimento nos sub-23 e depois, inexplicavelmente para quem está de fora, desceu aos juniores) ou Quaresma. O Benfica utilizou Luisão dessa forma nos últimos anos da sua carreira, e daí surgiram jovens como Lindelof ou Ruben Dias que muito beneficiaram com a experiência do central brasileiro. 

matheus nunes1.jpg

goncaloinacio1.jpg

29
Set19

Ó Teresa!


Pedro Azevedo

Começando por dar a entender que Silas foi a enésima solução encontrada após terem falhado todas as de treinadores europeus e de treinadores portugueses com currículo europeu, Frederico Varandas de seguida usou a opinião de um desses técnicos abordados para dizer que a instituição a que preside é um clube de malucos, não esclarecendo se já o seria quando os sócios o elegeram ou se o fenómeno é recente e simultâneo à sua presidência. 

 

Durante a entrevista, Varandas apelou algumas vezes à necessidade de ser dado tempo ao Conselho Directivo e à administração da SAD, tempo esse que os próprios vêm negando a sucessivos treinadores, tendo o clube já conhecido 5 técnicos num ano de trabalho deste elenco directivo. Deste modo, concluí que a noção que Varandas tem do seu tempo é diferente da que tem do tempo dos outros, o que para mim faz sentido na medida em que o presidente parece viver numa realidade alternativa.

 

Nessa realidade alternativa, não há dinheiro para contratar jogadores quando o Sporting investiu 40 milhões de euros em aquisições desde Janeiro, um treinador ganha dois títulos e posteriormente é que sente dificuldades em se adaptar, o grupo de trabalho sem Dost, Raphinha e Nani é mais valioso do que o do ano passado, não houve tempo para inscrever Pedro Mendes na Liga mas já o houve para um "road show" promocional de Bruno Fernandes no Mónaco e para inscrever 3 emprestados, não há uma varinha mágica para transformar um miúdo de 16 anos num de 21 mas já há para fazer desaparecer qualquer miúdo formado no clube com mais de 19 anos e um assunto que primeiro é considerado interno (Jovane) é no segundo seguinte tratado na praça pública (carta falsa). Posto tudo isto, fiquei só com a dúvida sobre que realidade estamos a falar quando Varandas diz que quem chegar a seguir vai apanhar um clube 10 vezes pior. 

 

Agora, já deitado, vou tentar dormir, algo que não tem sido fácil nos últimos tempos. Mas estou esperançoso numa noite retemperadora. É que Varandas deu-me um trunfo: em vez de contar carneirinhos para tentar adormecer, vou tentar repetir vezes sem conta "Teresa...Teresa...Teresa...Teresa...Teresa...Teresa...Teres...Tere...Ter...Te...T...Zzzzzzzzzzz".

 

P.S.1 Com Varandas a colocar o "clube dos malucos" na agenda mediática desta forma, desconfio que Luis Filipe Vieira será quem irá dormir melhor depois dos desacatos na AG do seu clube... 

P.S.2 Não querer ver que um presidente não pode desvalorizar o seu clube (e os seus sócios) desta forma, é não ter a noção que o valor de uma marca passa muito pela percepção que se tem dela. Depois não se queixem de falta de patrocínios e dos prémios de risco que as instituições financeiras cobram...

27
Jun19

Varandas dixit


Pedro Azevedo

  • Estou optimista, confiante, desejoso que a época arranque;
  • A nova época está a ser trabalhada há muitos meses;
  • Formaremos um grupo com ambição;
  • Por trás do plantel estará uma Estrutura competente;
  • A última época (futebol) foi a melhor dos últimos 17 anos;
  • Houve irresponsabilidade de Sousa Cintra e desrespeito para com este CD;
  • Está concluída a 1ªfase: regularização da situação financeira do clube;
  • A 2ªfase será de consolidação: redução de custos/aumento de receitas;
  • O clube estava na Idade da Pedra/ desenvolver Marketing e IT;
  • Revolução digital vs "A Casa de Papel" (situação herdada);
  • No Mercado de Inverno cortámos 10M€ em Custos com Pessoal;
  •  Bruno Fernandes parece que é uma das novelas do Verão;
  • Estrutura preparou-se para os vários cenários do mercado;
  • Não implica drama nenhum se Bruno Fernandes sair;
  • A Estrutura tem muita responsabilidade no crescimento de Bruno Fernandes;
  • Vamos ter um grupo mais competitivo e homogéneo; 
  • Garanto que todos os jogadores que entram no Sporting são escolhidos pelo clube;
  • Nenhum elemento do Sporting receberá 1 cêntimo em comissões;
  • Neto era uma prioridade, Vietto era um sonho;
  • Quem tem o faro da decisão está sujeito à crítica;
  • Durante o ano os sócios do Sporting vão perceber ainda melhor o negócio Gelson;
  • Nas próximas horas serão apresentados 3 jogadores;
  • No futebol, vamos fazer melhor que no ano passado;
  • Quero que o Sporting cresça de uma forma sustentada, estruturada;
  • Nada se alcança com bazófia e populismo;
  • Tem de haver uma aposta na Formação;
  • É uma obrigação apostar na Formação, é fundamental à sustentabilidade;
  • Estamos a pagar o preço do abandono da Formação nos últimos 5 anos;
  • Vamos ter uma equipa sub-23 com uma média de idades de 18/19 anos;
  • Para formar é preciso investir;
  • Vamos investir 12M€ na qualificação da Academia neste mandato;
  • Em 2022, a Academia voltará a ser uma das melhores do mundo;
  • É muito importante para o clube a aprovação do orçamento (NA: AG no Sábado);
  • Existe muito populismo e demagogia sobre as modalidades;
  • Este orçamento (clube) será superior ao da época 17/18;
  • O orçamento do Voleibol passou de 800.000 (17/18) para 1,8M€ (18/19);
  • Jamais este CD tirará 1 cêntimo às modalidades para dar ao futebol;
  • A nossa missão é servir o Sporting.

 

(Excertos da entrevista de hoje de Frederico Varandas à SportingTV.)

varandas.jpg

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Castigo Máximo

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

Siga-nos no Facebook

Castigo Máximo

Comentários recentes