Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Castigo Máximo

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

Castigo Máximo

30
Set20

Ranking de cartões amarelos por falta cometida


Pedro Azevedo

Dado o inusitado nº de cartões amarelos que a nossa equipa viu ser atribuído em Paços de Ferreira, procurei correlacioná-lo com o nº de faltas cometidas. Adicionalmente, tentei encontrar uma relação entre o elevado rácio de cartões amarelos/falta no âmbito de um pior posicionamento defensivo aquando da transição ou de uma menor posse de bola. Entretanto, elaborei estatísticas equivalentes para todas as equipas da Primeira Liga a fim de medir relativamente o observado em Paços e encontrar algumas justificações. Eis as conclusões (agregadas) a que cheguei:

  1. O Sporting é, destacadíssimo, o clube com o rácio mais elevado de cartões amarelos por falta cometida (50%). Os clubes que mais se aproximam são o Nacional (23,1%) e o Farense (20,8%).
  2. O clube com a média mais baixa de faltas por jogo é o Benfica (10,5), seguido de Sporting, Rio Ave e Farense (12).
  3. O clube com média mais elevada de faltas por jogo é o Boavista (20,5), seguido por Nacional (19,5) e Famalicão (19). O Porto é 5º colocado com 18.
  4. Ao contrário do que inicialmente pensei, os seis clubes com melhor rácio de cartões amarelos por falta cometida, logo os mais eficientes na execução da falta útil, não são os que defendem melhor. Assim, enquanto estes apresentam um total de 18 golos sofridos, os seis clubes com pior rácio de cartões amarelos por falta cometida apenas sofreram um total de 13 golos.
  5. Todavia, parece haver uma correlação entre menor posse de bola e o nº de faltas cometidas. Nesse sentido, os 6 clubes com maior posse de bola cometem em média 14,3 faltas por jogo, enquanto os seis clubes com menor posse de bola cometem em média 16,9 faltas por jogo.
  6. Também existe uma correlação entre o nº de cartões amarelos e a menor posse de bola. Enquanto os seis clubes com menos posse de bola apanham 2,5 cartões amarelos por jogo, os seis clubes com mais posse de bola são disciplinarmente mais correctos, com 1,9 cartões amarelos por jogo. No lote dos sétimos classificados em termos de posse de bola, o Sporting é a anomalia estatística que confirma a regra, liderando destacado a classificação (negativa) da média de cartões amarelos por jogo com uma posse de bola acima da média (52%). Dir-se-ia insólito.
  7.  Finalmente, as seis equipas com menos golos sofridos no campeonato têm em média menos cartões amarelos por jogo (2,6) do que as seis equipas que sofrem mais golos (2,9). A anomalia estatística é dada pelo Sporting, que tem uma média de 6 cartões amarelos (o valor mais elevado da competição) e nenhum golo sofrido e contribui para a média de 2,6 (seis equipas com menos golos sofridos) estar empolada. Estranhamente, as seis equipas com menos golos sofridos no campeonato têm em média pior rácio de cartões amarelos por falta (17,9%), ao passo que os seis clubes com mais golos sofridos têm em média um rácio de cartões amarelos por falta inferior (17,1%). Todavia. retirando o Sporting, equipa que ainda não sofreu golos esta época, o rácio de CA/falta das 6 equipas com menos golos sofridos desce para 12,8%, o que dá a entender a anormalidade do indicador referente ao Sporting.

 

Evidentemente, estes indicadores dão apenas pistas. Para conclusões mais definitivas seria necessário conciliá-los com as zonas do campo em que as faltas ocorrem e/ou de que momento do jogo são representativas (organização ofensiva, organização defensiva, transição ofensiva, transição defensiva, bola parada), dados que infelizmente não possuo. 

 

Ainda assim, aqui fica o quadro completo dos elementos disponíveis para análise:

tabela CA.jpg

Legenda:

Faltas (Com.)= Faltas cometidas;

Rácio CA/falta= rácio de cartões amarelos por falta cometida;

FC/jogo= Faltas cometidas por jogo;

CA/jogo= Média de cartões amarelos por jogo;

GS= Golos sofridos;

Posse(%)= Percentagem de posse de bola.

paçossporting.jpg

5 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Castigo Máximo

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

Siga-nos no Facebook

Castigo Máximo

Comentários recentes

  • Pedro Azevedo

    Já agora, José Azevedo, dois quintos é um sexto lu...

  • Pedro Azevedo

    José, há qualquer coisa de mágico nas iniciais JA:...

  • José da Xã

    Pedro,Vai ser mais uma tarde de sofrimento. Vale-m...

  • Pedro Azevedo

    Caro Pedro Manso, grande João Almeida! Eu sou apen...

  • Pedro Manso

    A etapa de domingo foi épica e revelou aquilo que ...