Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Castigo Máximo

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

Castigo Máximo

11
Mar21

Parabéns, Monsieur Boloni!!!


Pedro Azevedo

Monsieur Boloni, treinador do último campeonato conquistado pelo Sporting, completa hoje 68 anos. Para além do título nacional, a que aliás adicionou a conquista da Taça de Portugal (e da Supertaça, no arranque do ano seguinte), László Boloni destacou-se pelo lançamento dos jovens Ricardo Quaresma, Hugo Viana e Cristiano Ronaldo. Homem de grande dedicação ao presente e compromisso com o futuro do clube, Boloni viveu depois um período difícil em Alvalade quando a desestabilização provocada pelo empresário José Veiga deixou severas marcas no nosso goleador Mário Jardel. Ai voltou a revelar-se a nobreza do seu carácter, exorbitando em muito as suas competências face às circunstâncias que estavam a minar o leão. Nesse período foi ama-seca de Jardel com a mesma naturalidade com que apostava coca-colas nos treinos com o então muito jovem Yannick Djaló, um jogador cuja velocidade sempre o fascinou e em quem depositava a esperança de vir a moldar para suceder ao trio supramencionado. Sempre mais preocupado com o clube do que com a sua própria imagem, nunca deixou cair a toalha, mostrando uma dedicação digna do apreço de todos os Sportinguistas. Simultaneamente, a todos evidenciou os seus dotes de artesão de diamantes em bruto, domando o Mustang, melhorando a decisão e o compromisso defensivo de Viana ou apurando as qualidades atléticas do Goat, jogadores que o Sporting viria a vender nos melhores marcados europeus (Espanha e Inglaterra). Foi por isso não só um treinador vitorioso do ponto de vista desportivo como também muito importante para as finanças do clube, o que nem sempre lhe terá merecido o devido realce por parte de dirigentes, sócios e adeptos do clube. 

 

Nascido na Transilvânia, fronteira entre a Roménia e a Hungria, foi um grande centrocampista da selecção romena (mais de 100 jogos disputados) e do Steaua de Bucareste, equipa com que se viria a sagrar campeão europeu. Emigrou depois para a Bélgica - primeiro jogador a ser autorizado a sair do país no tempo do ditador Ceausescu - e mais tarde para França, país onde iniciou a carreira de treinador nas camadas jovens do Nancy, clube formador por natureza, célebre por ter apresentado Michel Platini ao mundo do futebol. Aí tornar-se-ia primeiro Director do Centro de Formação e posteriormente treinador principal. Com a queda do regime na Roménia, acabaria por aceitar regressar para orientar a sua selecção. Seguir-se-ia então o Sporting, clube a quem endereçou a então grande promessa Marius Niculae. 

 

Dotado de uma grande capacidade de organização do trabalho, Boloni foi claramente um indivíduo que acrescentou valor ao projecto do clube. Infelizmente, os maus resultados averbados no segundo ano acabariam por ditar a quebra da relação. Na minha recordação ficou para sempre um ser humano de personalidade austera, um pouco rígido até, características certamente moldadas por um regime totalitário, mas que se dedicou de corpo e alma e tinha uma visão clara para o futuro do Sporting. Um homem-projecto que ainda assim conseguiu importantes resultados desportivos na sua passagem por Alvalade. (Ahhh!, e era dotado de um peculiar sentido de humor, característica que só emergia em momentos muito particulares.)

 

Parabéns, Monsieur Boloni. E obrigado para sempre pela sua extrema dedicação e profissionalismo.

boloni.jpg

8 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Castigo Máximo

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

Siga-nos no Facebook

Castigo Máximo

Comentários recentes

  • Liondamaia

    Mas porque raios hão-de correr mal e não hão-de co...

  • Pedro Manso

    A opinião sobre o Tiago é minha.Relativamente ao G...

  • Pedro Azevedo

    Bom dia.Com todo o respeito pela opinião do Latera...

  • Pedro Manso

    Caro Pedro,O Tiago Ferreira perdeu demasiadas bola...

  • Liondamaia

    Podia ter complementado com "e aqui ranho", acho q...