Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Castigo Máximo

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

Castigo Máximo

10
Set21

Os deuses do ténis devem estar loucos


Pedro Azevedo

Emma Raducanu tornou-se hoje na primeira senhora proveniente de um qualifying a atingir uma final do US Open. No jogo decisivo, a inglesa Raducanu (18 anos, nº 150 do ranking mundial ATP), nascida no Canadá e filha de um cidadão romeno e de uma cidadã chinesa, defrontará a canadiana Leylah Annie Fernandez (19 anos acabados de perfazer, nº 73 do ranking mundial ATP), filha de um equatoriano e de uma canadiana com ascendência filipina. A soma dos rankings das duas jogadores (223) será certamente um recorde em finais de torneios de Grand Slam, suspeitando eu que o somatório das suas idades (37 anos) estabeleça também um dos mínimos de sempre em finais deste tipo de torneios (que me recorde, apenas abaixo dos 36 anos envolvidos no duelo entre Monica Seles e Steffi Graf em Roland Garros, no ano de 1990).

raducanu-2.jpg

leylah fernandez.jpg

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

Castigo Máximo

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

Siga-nos no Facebook

Castigo Máximo

Comentários recentes

  • Aboím

    O nome que me faltava era Duarte e o pai dele tinh...

  • Aboím

    Sou de facto do Norte (nascido em Trás os Montes) ...

  • Pedro Azevedo

    E eu a pensar que os holandeses sonhavam com tulip...

  • Pedro Azevedo

    Caríssimo Aboím, ganhámos!!! Mas podíamos ter poup...

  • Aboím

    Num comentário anterior eu deveria ter escrito (co...