Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Castigo Máximo

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

Castigo Máximo

31
Out20

My name is Bond, James Bond


Pedro Azevedo

Sir Sean Connery, o Bond mais frio, sarcástico, credível e carismático de sempre, faleceu hoje aos 90 anos. Connery alcançou a popularidade com o papel de agente secreto do MI6, os serviços secretos britânicos. Não se ficou por aí a sua carreira, destacando-se as suas interpretações em filmes como "O Nome da Rosa" e "Os Intocáveis", este último a valer-lhe o tão merecido Oscar de Melhor Actor Secundário. O que poucos saberão é que antes da fama, quando as luzes dos holofotes não iam ainda para além de pequenas participações em musicais e peças de teatro, Sean Connery esteve para ser jogador do Manchester United. Tudo aconteceu após um jogo amador que disputou com o elenco de uma das peças em que entrava. Acontece que a partida disputou-se em Manchester e teve como espectador privilegiado Sir Matt Busby. Este, impressionado com a capacidade física do escocês, logo lhe propôs um contrato profissional sujeito a um período de testes. Diz a lenda que Connery, à época com 23 anos, sabendo que aos 30 anos um futebolista está perto do fim de carreira, preferiu apostar numa carreira de actor que lhe garantiria outra longevidade profissional. Perdeu-se mais um "Busby Babe", ganhou-se "O Bond". R.I.P. e obrigado!

007sean_connery-20384988.jpg

5 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Castigo Máximo

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

Siga-nos no Facebook

Castigo Máximo

Comentários recentes

  • Pedro Azevedo

    Um ano extraordinário. À Sporting. A repetir, clar...

  • José da Xã

    Amigo Pedro,este foi um ano irrepreensível. A repe...

  • Pedro Azevedo

    Boa noite, caro S. Almeida e obrigado. Eu ainda te...

  • S. Almeida

    Caro Pedro AzevedoUm bom regresso às lides, com as...

  • Pedro Azevedo

    Como dizia o Nelson Rodrigues a propósito do Brasi...