Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Castigo Máximo

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

Castigo Máximo

23
Out19

Matheus Nunes, Pedro Mendes e Rodrigo Fernandes


Pedro Azevedo

O treinador Jorge Silas confirmou ontem que os jovens Matheus Nunes (21 anos), Pedro Mendes (20 anos) e Rodrigo Fernandes (18 anos) passarão a integrar regularmente os treinos da equipa principal, podendo numa ou outra ocasião jogar pelos Sub-23 se não forem convocados para a primeira equipa do Sporting. É, sem dúvida, uma boa notícia, que espero venha a ter continuidade em jogadores como Nuno Mendes, Eduardo Quaresma ou Dimitar Mitrovski, entre outros. Aliás, quem me segue no Castigo Máximo sabe que tenho muita fé no jovem brasileiro Matheus, um jogador com uma técnica de passe e recepção diferenciada e muita velocidade com bola. Igualmente, vejo no Pedro um avançado possante, daqueles que não dão descanso aos defesas durante os 90 minutos, assim como me surpreendeu a personalidade com que Rodrigo, jogador de posição "6", entrou de pedra e cal na equipa do escalão afluente. Adicionalmente, muito gostaria que o desnorte que marcou a nossa investida no Mercado de Verão pudesse ser corrigido em Janeiro, recorrendo-se para tal aos Sub-23 e a alguns jogadores que estão emprestados. Tenho, no entanto, uma dúvida, uma certeza e uma necessidade de esclarecimento: a certeza é que Pedro Mendes só será elegível de jogar na Liga Europa até Janeiro, não podendo até essa data competir no Campeonato nem na Taça da Liga; a dúvida prende-se com o facto do Sporting só ter 50% do passe de Matheus Nunes - no Report do Mercado de Inverno, o Sporting indicou à CMVM ter comprado 50% dos direitos económicos do brasileiro por 500 mil euros, tendo até Junho de 2020 para comprar a restante percentagem - não se sabendo se o valor de compra do remanescente ficou logo definido à partida, se poderá ficar agravado pelo facto de o jogador se valorizar na equipa principal, ou se o negócio até já foi feito e não comunicado; finalmente, o pedido de esclarecimento deve-se aos rumores que circulam nas redes sociais e que dão conta que Rodrigo Fernandes termina contrato no final desta época desportiva. Ora, perante isso, seria certamente uma imprudência promovê-lo (recordam-se certamente do que aconteceu com o defesa Pedro Mendes no tempo de Godinho Lopes), pelo que aguardo que alguém mais bem informado (não consta do R&C) me possa esclarecer. 

8 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Castigo Máximo

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

Siga-nos no Facebook

Castigo Máximo

Comentários recentes

  • Pedro Azevedo

    A questão do futebol português não pode nem deve s...

  • Anónimo

    Então, e como consegue explicar que o Porto seja c...

  • Pedro Azevedo

    Meu caro, você foi eliminado por aquele conjunto d...

  • Pedro Azevedo

    Não se trata de miserabilíssimo, mas sim de realis...

  • Anónimo

    Até podia estar avaliado em 500 milhões, que eu co...