Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Castigo Máximo

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

Castigo Máximo

31
Out19

Juventude inquieta


Pedro Azevedo

Oitavos-de-final da Taça da Liga inglesa. Palco: Anfield Road. De um lado o Liverpool, do outro o Arsenal, dois gigantes do futebol inglês. Resultado final: 5-5 (o Liverpool venceu nos penáltis). Dez golos, dez jovens até 20 anos espalhados pelas duas equipas, um hino ao futebol, uma grande noite para a afirmação de um ponto e desconstrução de certos mitos. Nos "reds" tivemos Kelleher (20 anos), Neco Williams (18), Sepp van den Berg (17), Harvey Elliott (16), Rhian Brewster (19) e Curtis Jones (18). Nos "gunners" jogaram Joe Willock (20), Bukayo Saka (18), Gabriel Martinelli (18 anos, 2 golos) e Mattéo Guendouzi (20). Incrível ver o rendimento destes meninos no meio de consagrados como Milner, Oxlade-Chamberlain, Origi, Ozil, Mustafi ou Bellerin. Se fosse para os lados de Alvalade estaríamos a falar que não se devem "queimar" etapas, em integração progressiva (código futebolês para 2 ou 3 minutos de jogo), etc. Impossível não pensar no paradoxo disto tudo: a liga mais competitiva e mais intensa do mundo põe estes miúdos a jogar a este nível sem nenhum problema, desenvolvendo-os e preparando-os para os desafios; em Portugal onde o tempo útil de jogo é dos mais baixos de toda a Europa os miúdos não estão prontos. E nunca estarão, se não jogarem...

 

P.S. Por favor, vejam esta conferência de imprensa de Jurgen Klopp, um dos meus heróis no futebol, que sabe gerir um plantel e não hesita para tal em dar oportunidades aos jovens. Enquanto se lhes referia, não pude deixar de me lembrar de Malcolm Allison, o nosso Big Mal. 

12 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Castigo Máximo

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

Siga-nos no Facebook

Castigo Máximo

Comentários recentes

  • Pedro Azevedo

    Boa noite, Luís. Acrescentei O PS talvez 1 hora ap...

  • Luís Ferreira

    Só hoje vi o seu PS - já o tinha escrito, ou foi m...

  • Pedro Azevedo

    Obrigado pelo seu contributo. Como escrevi no text...

  • Bruno Araújo

    O voto eletronico não pode ser usado ainda. Implem...

  • Pedro Azevedo

    A questão do futebol português não pode nem deve s...