Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Castigo Máximo

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

Castigo Máximo

12
Fev21

Distribuição dos nossos golos


Pedro Azevedo

frequencia de golo.png

suplentes golos.png

Conclusão: no que ao golo diz respeito, o Sporting arranca mais forte na primeira do que na segunda parte e acaba muito bem qualquer uma das partes, especialmente a segunda (o intervalo entre os 76 e os 90 minutos é de longe o mais relevante). Isto pode dar a pista de que a equipa se encontra muito bem física e mentalmente. Desses 16 golos marcados no último sexto dos jogos, 9 foram decisivos porque nos garantiram pontos, 13 mais exactamente (1 ponto contra o Porto, 2 pontos contra o Santa Clara, 3 pontos contra o Gil em casa, 2 pontos contra o Farense, 2 pontos contra o Benfica e 3 pontos contra o Gil fora). Há ainda a acrescentar os dois golos tardios de Jovane ao Porto, para a Taça da Liga, que transformaram uma derrota pré-anunciada numa vitória final que nos abriu as portas para ganhar a competição. 

 

No que concerne a golos provenientes do banco, os números são razoáveis. Mais importante, 1 valeu um empate (Vietto contra o Porto), 2 permitaram a reviravolta contra o Gil em Alvalade (Sporar e TT, houve ainda um outro golo), 1 outro deu uma vitória pela margem mínima (Sporar contra Farense) e 2 (de Jovane) evitaram a eliminação e oferecerem-nos até o triunfo no jogo contra o Porto da semi-final da Taça da Liga. Assim, pode dizer-se que 6 golos vindos do banco (metade do total) renderam-nos 5 pontos para o campeonato e foram fundamentais para a conquista da Taça da Liga.

13 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Castigo Máximo

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

Siga-nos no Facebook

Castigo Máximo

Comentários recentes

  • Pedro Azevedo

    Boa noite, Miguel, e muito obrigado. De facto morr...

  • Anónimo

    Boa noite Pedro:O seu post mantém qualidade a todo...

  • Pedro Azevedo

    Obrigado,meu caro Bráulio. Deixou água na boca, de...

  • Bráulio Pereira

    Bem escrito como de costume. Também fiquei muito f...

  • Liondamaia

    Mas porque raios hão-de correr mal e não hão-de co...