Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Castigo Máximo

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

Castigo Máximo

02
Jun20

Em frente Sporting!


Pedro Azevedo

Os jogadores do Saint-Étienne haviam feito furor cantando "Allez les Verts" em 1976. Seis anos depois, Luís Filipe Barros, radialista da Comercial, lança o repto a João Rocha e os pupilos de Allison reunem-se nos Estúdios Musicorde para gravarem "Em frente Sporting" e assim celebrarem o título recém-conquistado. 

 

Outros tempos: o disco, em vinil verde, foi pago pelos próprios jogadores e a receita reverteu a favor do Sporting. Comprei-o no dia da final da Taça de Portugal, mesmo à entrada do Estádio Nacional. Foi auspicioso, pois nessa tarde o Sporting goleou o Braga, de Quinito, por 4-0. 

4 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Castigo Máximo

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

Siga-nos no Facebook

Castigo Máximo

Comentários recentes