Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Castigo Máximo

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

Castigo Máximo

02
Abr19

Duelo de "éfes"


Pedro Azevedo

Duelo de "éfes" amanhã, em Alvalade: de um lado, o homem dos tornozelos de titânio, o "sempre em pé" Fernandes; do outro, o miúdo ousado, o "às vezes atiro-me para o chão" Félix.

 

Em ambos a qualidade salta à vista, seja por via do passe de ruptura ou remate de Bruno, seja pela rapidez de execução ou ginga de João. Em comum, partilham uma característica muito própria dos xadrezistas: ainda a bola não lhes chegou aos pés e já têm vários lances pensados. 

 

A manter-se a táctica do jogo para o campeonato, João Félix procurará aproximar-se dos centrais leoninos para obrigar Gudelj a recuar e aumentar o fosso com o meio-campo do Sporting (que tal responder com a táctica dos 3 centrais/defesas?), para que depois Gabriel e Samaris possam entrar à vontade em construção através do passe frontal ou a solicitar as alas, jogando também com as penetrações essencialmente de Grimaldo na esquerda. Quanto a Bruno, deverá procurar os espaços entrelinhas que lhe venham a ser concedidos entre a linha média e a defensiva encarnada. Para que os encontre, o Sporting vai necessitar dos movimentos dissuasores dos alas tão comuns aos primeiros tempos de Keizer, mas novamente patentes no lance do primeiro golo leonino em Chaves. 

 

Fernandes e Félix, a tónica de um derby onde se espera que o futebol se escreva com "F" grande. Escreva ou leia (obrigado Luis Ferreira), não vá o "PH" que há em Raphinha ou Phellype sair do neutro... 

 

P.S. eu jogaria num 3-4-1-2, com Renan; Coates, Mathieu e Borja; Ristovski (queremos cobrir-nos de ridículo pelo mundo?), Doumbia, Bruno F e Acuña, Geraldes (surpresa); Raphinha e Phellype (assim mesmo, dois avançados a cairem em cima dos centrais e a obrigarem o Benfica a recuar 1 elemento, abrindo espaços para Geraldes e Bruno mostrarem a sua superior visão de jogo, pagando-lhes assim do mesmo veneno do jogo para o campeonato).

bruno e joão.jpg

(Imagem: Record)

12 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Castigo Máximo

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

Siga-nos no Facebook

Castigo Máximo

Comentários recentes