Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Castigo Máximo

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

Castigo Máximo

03
Dez19

As contas da Sporting SAD - 1ºT 2019/20


Pedro Azevedo

A Sporting SAD comunicou à CMVM o Relatório e Contas do 1º Trimestre da época 2019/20. Aqui ficam alguns itens de análise:

 

  • A Sociedade apresentou um Resultado Liquido do exercício de 21.1M€ (+5M€ do que no período homólogo de 18/19);
  • Sem transacção de jogadores os Resultados ter-se-iam situado em - 16.2M€ (-9.6M€ face ao período homólogo de 18/19);
  • Os Resultados Financeiros (essencialmente juros pagos de financiamentos) tiveram um impacto negativo de 3.2M€ (+1.8M€ do que no período homólogo de 18/19);  
  • A rúbrica de Fornecimentos e Serviços Externos continua preocupantemente a subir, situando-se agora nos 7M€ (+1.3M€ do que no período homólogo de 18/19), essencialmente devido ao crescimento do item relativo a "Organização, deslocações e estadias de jogos" (+0.9M€ do que no período homólogo de 18/19);
  • A rúbrica de Gastos com Pessoal registou um crescimento de 3.2M€ face ao período homólogo de 18/19, estando em 30 de Setembro nos 19.9M€. Tal resultou essencialmente de uma descida de 1.2M€ em Remunerações e Encargos Sociais e de uma subida de 4.7M€ em Indemnizações, este último item atribuível aos gastos com equipa técnica e alguns jogadores aquando das respectivas rescisões de contrato de trabalho;
  • As Vendas e Prestações de Serviços cresceram 1M€ face a 18/19 (16.8M€), impulsionadas por incrementos de "Bilheteira e Bilhetes de época" (+0.4M€, -1M€ face a 17/18) e "Patrocínios e Publicidade" (+0.4M€, +0.8M€ face a 17/18). De referir que em 17/18 o Sporting esteve na Champions, o que se traduziu numa diferença positiva de 1M€ face ao valor actual em termos de "Bilhética e Bilhetes de época", sendo que sensivelmente 80% desse valor repercutiu-se em bilheteira de Champions e 20% em mais gamebox vendidas nesse período;
  • A rúbrica referente à Dívida a Fornecedores, do Balanço, cresceu 0.3M€ face ao período homólogo de 18/19, tendo incrementado 4.2M€ no Passivo não-corrente e diminuido 3.9M€ no Passivo Corrente. No total, a nossa dívida para com Fornecedores a 30/9/2019 era de 56.2M€;
  • A rúbrica de "Caixa" cresceu desde Junho de 2019 em cerca de 5.1M€ (para 8.6M€) e a rúbrica "Clientes" (valores a receber) também aumentou desde igual período em cerca de 8M€ (para 31.4M€). Os Depósitos à Ordem restrictos, que visam o pagamento de VMOCs cresceram de 65 mil euros para 466 mil euros;
  • A Sporting SAD vendeu a totalidade dos direitos económicos de Raphinha por 21M€. Por essa transacção pagou de comissão o valor de 2.5M€. Bas Dost foi vendido por 7M€, tendo-se pago uma comissão de 0.698M€. Thierry Correia saiu por 12M€, com a Sporting SAD a ter de compensar 2 empresários no valor total de 2M€ e pagar 514 mil euros a título de prémio ao jogador. O acordo sobre Podence rendeu 7M€, com a SAD a ter de pagar 700.000 euros de comissão. Os negócios de Felix Correia (3.5M€) e de Domingos Duarte (3M€) foram isentos de comissão;
  • A comissão média paga associada à venda de jogadores foi de 13,9% (períodos homólogos: 4.9% em 18/19, 7.8% em 17/18, 0.5% em 16/17, ano em que houve uma comissão avultada, mas de compra, relativa à contratação de Alan Ruiz). 

 

P.S. Numa altura em que tanto se fala dos problemas de tesouraria da SAD, não deixa de ser inquietante que metade do valor da transferência de Thierry Correia (6M€) esteja averbada no Activo em Clientes não correntes, o que significa que o recebimento desse montante só ocorrerá pós Setembro de 2020. Em relação ao acordo sobre Podence acontece algo similar, estando 5M€ (dos 7M€) por receber para lá de Set 2020. Já no caso do Rennes e da transferência de Raphinha a situação é diferente, havendo um valor a receber para além de Set 2020 de 4.75M€ de um total de 21M€ (transferência).

12 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Castigo Máximo

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

Siga-nos no Facebook

Castigo Máximo

Comentários recentes

  • Pedro Azevedo

    A questão do futebol português não pode nem deve s...

  • Anónimo

    Então, e como consegue explicar que o Porto seja c...

  • Pedro Azevedo

    Meu caro, você foi eliminado por aquele conjunto d...

  • Pedro Azevedo

    Não se trata de miserabilíssimo, mas sim de realis...

  • Anónimo

    Até podia estar avaliado em 500 milhões, que eu co...